terça-feira, 18 de novembro de 2008

Brasil, um país faz-de-contas!

Depois do assalto que eu e parte de minha família sofremos, cheguei a uma conclusão óbvia, mas só agora pude "sentir na pele" o verdadeiro significado. Brasil é uma país de faz-de-conta. TUDO aqui é pra "inglês ver". Tudo aqui é a "meia boca", nada é sério. Não ha comprometimento com trabalho, com as pessoas, com nada ou com ninguém. O negócio é levar a melhor. O negócio é colocar em prática o "jeitinho brasileiro". Isso que importa, o resto é balela.

Faz de conta que ha policiais nos protegendo, nos dando assistência, combatendo crimes, tendo real comprometimento com seu trabalho. Faz de conta que nós temos uma justiça JUSTA, que dá acesso a todos, independente de credo, cor, raça, condição social. Faz de conta que nós elegemos os governantes pra nos representar. Faz de conta que o Rio de Janeiro não tem problemas ao ponto do prefeito governar a cidade detrás de um laptop. Faz de conta que a saúde pública funciona. Faz de conta que dando um cafezinho ao policial, iremos resolver a irregularidade que nós cometemos. Faz de conta que o nosso povo é educado. Faz de conta... faz de conta... faz de conta.

Se Charles de Gaulle disse ou não, que o Brasil não é um país sério, nunca saberemos, mas que faz todo sentido, isso faz. É verdade. Brasil não é sério. Vive de políticos corruptos que mesmo havendo provas cabais contra eles, o máximo o que acontece é uma falsa "cassação" de seus direitos, mas que assim que a poeira baixar, voltam sorrateiramente sem nenhuma pena cumprida. Vive de um povo que só pensa em si e esquece do coletivo. Que exige que a lei seja aplicada contra o OUTRO, mas nunca conta SI.

Ninguém faz nada pra melhorar essa cidade, esse país. É puro faz-de-contas. Aqueles discursos inflamados, emocionados que vemos nossos representantes fazendo, é puro deboche, teatro... faz-de-conta.

Brasil é um grande FAZ-DE-CONTAS!

3 comentários:

Ana disse...

Oh caraaaaaaaaaaaaaa, aqui só muda a dimensão por também é tudo um faz de conta. Já vos disse para virem para cá, mas no momento que corre já não sei se vale a pena. Só se for mesmo pla segurança e mesmo essa começa a ficar seriamente comprometida. É fácil de perceber porque! Em países onde reina a impunidade e onde os governantes são os maiores corruptos e falsários da sociedade, como é que algo há-de funcionar? Vocês aprenderam com alguém, foram certamente os portugas que também levarm para aí a incompetência, só que vocês deram uma melhorada.
Beijão para todos

luciana disse...

Ótimo texto, parabéns Guilherme. Muito bom seu blog, dá pra te conhecer melhor. Abraços do Mario lá da oitava.

Guilherme Faro disse...

Aninha, nossos governantes são o que nós temos de pior. A eles deram muito poder e nenhuma fiscalização. Sabe no que deu? Pois é. Nessa roubalheira toda que vemos por aqui.