quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Hino Nacional Brasileiro em redação

Ainda podemos chorar... de emoção.

" Na cidade de Joinville houve um concurso de redação na rede municipal de ensino. O título recomendado pela professora foi 'Dai pão a quem tem fome'.

Incrível, mas o primeiro lugar foi conquistado por uma menina de apenas 14 anos de idade. E ela se inspirou exatamente na letra de nosso Hino Nacional para redigir um texto, que demonstra que os brasileiros verde amarelos precisam perceber o verdadeiro sentido de patriotismo. Leiam o que escreveu essa jovem...

É uma demonstração pura de amor à Pátria e uma lição a tantos brasileiros que já não sabem mais o que é este sentimento cívico.

*REDAÇÃO DA MENINA*

'Certa noite, ao entrar em minha sala de aula, vi num mapa-mundi, o nosso Brasil chorar:
- O que houve, meu Brasil brasileiro? - Perguntei-lhe!
E ele, espreguiçando-se em seu berço esplêndido, esparramado e verdejante sobre a América do Sul, respondeu chorando, com suas lágrimas amazônicas:
- Estou sofrendo. Vejam o que estão fazendo comigo... antes, os meus bosques tinham mais flores e meus seios mais amores. Meu povo era heróico e os seus brados retumbantes. O sol da liberdade era mais fúlgido e brilhava no céu a todo instante. Onde anda a liberdade, onde estão os braços fortes? Eu era a Pátria amada, idolatrada. Havia paz no futuro e glórias no passado. Nenhum filho meu fugia à luta. Eu era a terra adorada e dos filhos deste solo era a mãe gentil. Eu era gigante pela própria natureza, que hoje devastam e queimam, sem nenhum homem de coragem que às margens plácidas de algum riachinho, tenha a coragem de gritar mais alto para libertar-me desses novos tiranos que ousam roubar o verde louro de minha flâmula. Eu, não suportando as chorosas queixas do Brasil, fui para o jardim. Era noite e pude ver a imagem do Cruzeiro que resplandece no lábaro que o nosso país ostenta estrelado Pensei... "Conseguiremos salvar esse país sem braços fortes?" Pensei mais... "Quem nos devolverá a grandeza que a Pátria nos traz?"
Voltei à sala, mas encontrei o mapa silencioso e mudo, como uma criança dormindo em seu berço esplêndido.'

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Inacreditável!

É um absurdo que essas empresas usem de seu telemarketing para encherem o saco das pessoas. A CREDICARD vem torrando a minha paciência ha dias, ligando pra minha casa a partir das 8 da manhã até as 22! É inacreditável a falta de respeito desse pessoal! Ficam me importunando o dia todo!

Já perdi a conta de quantas vezes já disse a eles que não estava interessado no produto e, também, para que retirassem o nosso telefone da lista deles. Mas não adianta. Muda de atendente, mas a chatice e falta de respeito continuam. Ou são robôs ou estão de ma-fé. Prefiro acreditar que sejam robôs, que têm um roteiro a ser seguido e qualquer coisa fora do que leem, é dado como "inválido".

Ligam de manhã, de tarde e de noite, ora chamando por mim, ora chamando pela minha esposa. Será que a credicard não percebe que dessa forma, a possibilidade de eu querer um cartão deles é nula? Já está mais do que na hora do Rio de Janeiro ter uma lei igual a de São Paulo, nos protegendo dessa chatice e da falta de respeito.

QUE MERDA ISSO!!!!

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Inglesas trambiqueiras

"Turista inglesa confessa que planejou golpe da bagagem"

http://oglobo.globo.com/rio/mat/2009/08/17/turista-inglesa-confessa-que-planejou-golpe-da-bagagem-757449039.asp


Pois é minha gente. Aqui, tudo é motivo de festa. Tudo se pode e nada é feito. Essas duas inglesas confessaram que tentaram aplicar o golpe do seguro (que nem eu sabia que existia, mesmo tendo viajo muito) e dormiram no xilindró por uma noite. Já estão soltas, óbvio, e responderão em liberdade.

Imagina, você, se fossem duas brasileiras que tivessem tentado aplicar esse mesmo golpe só que na Inglaterra? Não tenho a menor dúvida que estariam presas até agora e por mais um bom tempo. MAS... mas... mas estamos na República Federativa Anômica do Brasil! A polícia prende e o judiciário, através do Legislativo, solta. Com o nível execrável dos nossos "supostos" representantes no poder, COMO? Eu disse COMO poderiam fazer leis "funcionais", que realmente prestassem, se eles não passam de amebas, sangue-sugas do erário, ladrões, que estão se lixando para a opinião pública? Me responda! COMO? Enquanto em países mais avançados, como a Inglaterra, o político trabalha de manhã na sua profissão de formação e a tarde vai trabalhar para o povo.

Tem muita coisa errada... cansei de falar.

terça-feira, 11 de agosto de 2009

11 de agosto - Dia do Advogado

"São os homens e não as leis que precisam mudar. Quando os homens forem bons, melhores serão as leis. Quando os homens forem sábios, as leis por desnecessárias, deixarão de existir. Mas isto, será possível somente, quando as leis estiverem escritas e atuantes no coração de cada um de nós." (Hermógenes)

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

O fado!

Minha ligação com Portugal é total. À começar pelo meu avô que era de Trás-os-Montes e, agora, a família de minha esposa de Ponte de Lima.
É uma terra belíssima! Toda vez que volto de lá, parece que deixei algo por lá... a saudade bate, a lembrança se torna viva...

Eis uma belíssima cantora portuguesa, que canta fado. Arrepiante!

Mariza - Loucura

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Lei de Murphy

Ha tempos que ouvia falar da Lei de Murphy, mas nunca me interessei em saber que premissas eram essas, até que encontrei "as 100 melhores leis de Mrphy", segundo o autor da página. Vamos a elas:

As 100 melhores Leis de Murphy

1. Se alguma coisa pode dar errado, dará. E mais, dará errado da pior maneira, no pior momento e de modo que cause o maior dano possível. (exatamente dessa maneira que acontece haahaha)

2. Um atalho é sempre a distância mais longa entre dois pontos. (muito boa!)

3. Nada é tão fácil quanto parece, nem tão difícil quanto a explicação do manual.

4. Tudo leva mais tempo do que todo o tempo que você tem disponível. (excelente!)

5. Se há possibilidade de várias coisas darem errado, todas darão - ou a que causar mais prejuízo.

6. Se você perceber que uma coisa pode dar errada de 4 maneiras e conseguir driblá-las, uma quinta surgirá do nada.

7. Seja qual for o resultado, haverá sempre alguém para:
a) interpretá-lo mal. b) falsificá-lo. c) dizer que já o tinha previsto em seu último relatório.

8. Quando um trabalho é mal feito, qualquer tentativa de melhorá-lo piora.

9. Acontecimentos infelizes sempre ocorrem em série.

10. Toda vez que se menciona alguma coisa: se é bom, acaba; se é ruim, acontece.

11. Em qualquer fórmula, as constantes (especialmente as registradas nos manuais de engenharia) deverão ser consideradas variáveis.

12. As peças que exigem maior manutenção ficarão no local mais inacessível do aparelho.

13. Se você tem alguma coisa há muito tempo, pode jogar fora. Se você jogar fora alguma coisa que tem há muito tempo, vai precisar dela logo, logo.

14. Você sempre encontra aquilo que não está procurando.

15. Quando te ligam: a) se você tem caneta, não tem papel. b) se tem papel não tem caneta. c) se tem ambos ninguém liga.

16. A Natureza está sempre à favor da falha.

17. Entre dois acontecimentos prováveis, sempre acontece um improvável. (ahahha excelente!)

18. Quase tudo é mais fácil de enfiar do que de tirar.

19. Mesmo o objeto mais inanimado tem movimento suficiente para ficar na sua frente e provocar uma canelada.

20. Qualquer esforço para se agarrar um objeto em queda provocará mais destruição do que se deixássemos o objeto cair naturalmente.

21. A única falta que o juiz de futebol apita com absoluta certeza é aquela em que ele está absolutamente errado.

22. Por mais bem feito que seja o seu trabalho, o patrão sempre achará onde criticá-lo.

23. Nenhum patrão mantém um empregado que está certo o tempo todo.

24. Toda solução cria novos problemas.

25. Quando político fala em corrupção, os verbos são sempre usados no passado.

26. Você nunca vai pegar engarrafamento ou sinal fechado se saiu cedo demais para algum lugar. (haahahah perfeito)

27. Os assuntos mais simples são aqueles dos quais você não entende nada.

28. Dois monólogos não fazem um diálogo.

29. Se você é capaz de distinguir entre o bom e o mal conselho, então você não precisa de conselho.

30. Ninguém ficará batendo na sua porta, ou telefonando para você, se não houver trabalho algum a ser feito.

31. O trabalho mais chato é também o que menos paga.

32. Errar é humano. Perdoar não é a política da empresa.

33. Toda a idéia revolucionária provoca três estágios: 1º. é impossível - não perca meu tempo. 2º. é possível, mas não vale o esforço 3º. eu sempre disse que era uma boa idéia.

34. A informação que obriga a uma mudança radical no projeto sempre chega ao projetista depois do trabalho terminado, executado e funcionando maravilhosamente (também conhecida como síndrome do: "Porra! Mas só agora!!!").

35. Um homem com um relógio sabe a hora certa. Um homem com dois relógios sabe apenas a média.

36. Inteligência tem limite. Burrice não.

37. Seis fases de um projeto: Entusiasmo; Desilusão; Pânico; Busca dos culpados; Punição dos inocentes; Glória aos não participantes.

38. Conversas sérias, que são necessárias, só acontecem quando você está com pressa.

39. Não se dorme até que os filhos façam cinco anos.

40. Não se dorme depois que eles fazem quinze.

41. O orçamento necessário é sempre o dobro do previsto. O tempo necessário é o triplo.

42. As variáveis variam menos que as constantes.

43. Pais que te amam não te deixam fazer nada. Pais liberais, não estão nem ai para você.

44. Entregas de caminhão que normalmente levam um dia levarão cinco quando você depender da entrega.

45. O único filho que ronca é o que quer dormir com você.

46. Assim que tiver esgotado todas as suas possibilidades e confessado seu fracasso, haverá uma solução simples e óbvia, claramente visível a qualquer outro idiota.

47. Qualquer programa quando começa a funcionar já está obsoleto.

48. Nenhuma bola vai parar em um vaso que você odeia.

49. Só quando um programa já está sendo usado há seis meses, é que se descobre um erro fundamental.

50. Crianças nunca ficam quietas para tirar fotos, e ficam absolutamente imóveis diante de uma câmera filmadora.

51. Nenhuma criança limpa quer colo.

52. A ferramenta quando cai no chão sempre rola para o canto mais inacessível do aposento. A caminho do canto, a ferramenta acerta primeiro o seu dedão.

53. Guia prático para a ciência moderna: a) Se se mexe, pertence à biologia. b) Se fede, pertence à química. c) Se não funciona, pertence à física. d) Se ninguém entende, é matemática. e) Se não faz sentido, é psicologia.

54. O vírus que seu computador pegou, só ataca os arquivos que não tem cópia.

55. O número de exceções sempre ultrapassa o numero de regras. E há sempre exceções às exceções já estabelecidas.

56. Seja qual for o defeito do seu computador, ele vai desaparecer na frente de um técnico, retornando assim que ele se retirar.

57. Se ela está te dando mole, é feia. Se é bonita, está acompanhada. Se está sozinha, você está acompanhado.

58. Se o curso que você desejava fazer só tem n vagas, pode ter certeza de que você será o candidato n + 1 a tentar se matricular.

59. Oitenta por cento do exame final que você prestará, será baseado na única aula que você perdeu, baseada no único livro que você não leu.

60. Cada professor parte do pressuposto de que você não tem mais o que fazer, senão estudar a matéria dele.

61. A citação mais valiosa para a sua redação será aquela em que você não consegue lembrar o nome do autor.

62. Caras legais são feios. Caras bonitos não são legais. Caras bonitos e legais são gays.

63. A maioria dos trabalhos manuais exigem três mãos para serem executados.

64. As porcas que sobraram de um trabalho nunca se encaixam nos parafusos que também sobraram.

65. Quanto mais cuidadosamente você planejar um trabalho, maior será sua confusão mental quando algo der errado.

66. Tudo é possível. Apenas não muito provável.

67. Em qualquer circuito eletrônico, o componente de vida mais curta será instalado no lugar de mais difícil acesso.

68. Qualquer desenho de circuito eletrônico irá conter: uma peça obsoleta, duas impossíveis de encontrar, e três ainda sendo testadas.

69. O dia de hoje foi realmente necessário?

70. A luz no fim do túnel, é o trem vindo na sua direção.

71. A vida é uma droga. E você ainda reencarna.

72. Se está escrito "Tamanho Único", é porque não serve em ninguém.

73. Se o sapato serve, é feio!

74. Nunca há horas suficientes em um dia, mas sempre há muitos dias antes do sábado.

75. Todo corpo mergulhado numa banheira faz tocar o telefone.

76. A beleza está à flor da pele, mas a feiúra vai até o osso!

77. A informação mais necessária é sempre a menos disponível.

78. A probabilidade do pão cair com o lado da manteiga virado para baixo é proporcional ao valor do carpete.

79. Confiança é aquele sentimento que você tem antes de compreender a situação.

80. A fila do lado sempre anda mais rápido.

81. Nada é tão ruim que não possa piorar.

82. O material é danificado segundo a proporção direta do seu valor.

83. Se você está se sentindo bem, não se preocupe. Isso passa.

84. No ciclismo, não importa para onde você vai; é sempre morro acima e contra o vento.

85. Por mais tomadas que se tenham em casa, os móveis estão sempre na frente.

86. Existem dois tipos de esparadrapo: o que não gruda, e o que não sai.

87. Uma pessoa saudável é aquela que não foi suficientemente examinada.

88. Você sabe que é um dia ruim quando: O sol nasce no oeste; você pula da cama e erra o chão; o passarinho cantando lá fora é um urubu; seu bichinho de cerâmica te morde.

89. Por que será que números errados nunca estão ocupados?

90. Mas você nunca vai usar todo esse espaço de Winchester!

91. Se você não está confuso, não está prestando atenção.

92. Na guerra, o inimigo ataca em duas ocasiões: quando ele está preparado, e quando você não está.

93. Tudo que começa bem, termina mal. Tudo que começa mal, termina pior.

94. Amigos vêm e se vão, inimigos se acumulam.

95. "Pilhas não incluídas"

96. Você só precisará de um documento quando, espontaneamente, ele se mover do lugar que você o deixou para o lugar onde você não irá encontrá-lo.

97. As crianças são incríveis. Em geral, elas repetem palavra por palavra aquilo que você não deveria ter dito.

98. Uma maneira de se parar um cavalo de corrida é apostar nele.

99. Toda partícula que voa sempre encontra um olho.

100. Um morro nunca desce.

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

A estratégia

Eis aqueles textos que valem a pena ler. Valeu Gueta. "Furtei" do seu orkut.


"Um senhor vivia sozinho em Minnesota. Ele queria virar a terra de seu jardim para plantar flores, mas era um trabalho muito pesado. Seu único filho, que o ajudava nesta tarefa, estava na prisão. O homem então escreveu a seguinte carta ao filho:

'Querido Filho, estou triste, pois não vou poder plantar meu jardim este ano. Detesto não poder fazê-lo, porque sua mãe sempre adorava as flores, esta é a época do plantio. Mas eu estou velho demais para cavar a terra. Se você estivesse aqui, eu não teria esse problema, mas sei que você não pode me ajudar, pois estás na prisão.
Com amor, Seu pai.'

Poucos depois, o pai recebeu o seguinte telegrama:

'PELO AMOR DE DEUS, pai, não escave o jardim! Foi lá que eu escondi os corpos'.
Como as correspondências eram monitoradas na prisão... às quatro da manhã do dia seguinte, uma dúzia de Agentes do FBI e Policiais apareceram e cavaram o jardim inteiro, sem encontrar nenhum corpo. Confuso, o velho escreveu uma carta para o filho contando o que acontecera.
Esta foi a resposta:

'Pode plantar seu jardim agora, pai. Isso é o máximo que eu posso fazer no momento.'

Estratégia é tudo!!!

Nada como uma boa estratégia para conseguir coisas que parecem impossíveis. Assim, é importante repensar sobre as pequenas coisas que muitas vezes nós mesmos colocamos como obstáculos em nossas vidas.

'Ter problemas na vida é inevitável, ser derrotado por eles é opcional'.

Assim tenho dito!

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Brasileiro é inimigo do Brasil!

Cheguei a uma conclusão.

O BRASILEIRO É INIMIGO DO BRASIL!

Isso se dá por várias razões e uma delas é por causa da famosa Lei de Gerson, ou simplesmente, o "jeitinho brasileiro". Esse tal de "jeitinho brasileiro" é o pior defeito que temos e ainda nos orgulhamos dele!!! Orgulhamo-nos de passar a perna em alguém, orgulhamo-nos de burlar a lei, orgulhamo-nos em furar fila, orgulhamo-nos de subornar o policial, orgulhamo-nos de burlar o fisco e tantas outras vergonhas.

Tive a oportunidade de visitar vários lugares do mundo e em TODOS eles só ha 1 (um) tipo de crítica que fazem ao brasileiro. Apenas UMA! Advinhe! O jeitinho brasileiro. É mais que óbvio que não daria certo em outros países. A crítica é sempre a mesma, que nós queremos sempre levar vantagem em tudo, independente de qualquer coisa. Basicamente, é por esse "nosso" jeitinho, que somos mal vistos na Europa, nos EUA, Japão...

Precisamos dar educação ao nosso povo e não somente ao "povão", mas, principalmente, à elite, que é quem mais faz uso da Lei de Gerson. Esse "jeitinho" tem sua natureza, obviamente, na falta de educação, que reflete em outras tantas coisas. E uma dessas é a falta de senso coletivo, pois só pensamos em nós mesmo. Quer dizer, vivemos em sociedade, só que agimos como só nós existíssemos na face da terra. Ou seja, se determinada coisa vai me favorecer, farei de tudo para isso acontecer, independente de ser ilegal, pois a ilegalidade é apenas um detalhe, é o que menos vai importar. Resumo da ópera: o brasileiro exige que a lei seja aplicada somente para o OUTRO, mas nunca para ele mesmo!

O filósofo francês, Rousseau, no seu livro O Contrato Social, diz que o homem nasceu livre e quando cresce vive preso sob regras por pensar somente nele mesmo, estravazando seu limite de direito e, portanto, controlado por um sistema altamente burocrático. Esse é o cartão de visita dele.

Falta muita coisa para o nosso Brasil melhorar. E tem que começar pela base! Ou seja, a educação, educação, educação, educação e finalmente, a educação. Para os que, ainda sim, fugirem à regra, desobedecendo leis, devem ser rigorosamente punidos, de forma proporcional ao crime cometido. Sem pena, sem sentimentalismo babaca do sulamericano. Apenas cumprir o que deve ser feito descrito em lei.

Uma última coisa. Nossa Constituição Federal de 88 nos deu MUITOS direitos e poucas obrigações. Foi uma nova era que começou... errada. Mas isso é assunto para um outro post.

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

O tamanho de nossos sonhos!

"O homem é do tamanho dos seus sonhos".
Fernando Pessoa

Quando li essa frase, quase de imediato veio à minha mente o primeiro filme de Rocky Balboa. Especificamente a cena em que Rocky (Syvester Stallone) acorda as 5 da manhã, coloca 4 ovos crus dentro de um copo, bebe, como se fosse a coisa mais saborosa do mundo, e sai para correr. Afinal, seu sonho era de se tornar campeão mundial de boxe.

É entretenimento, mas retrata a vida de milhares de pessoas por esse mundo a fora que vivem em busca da realização de seus sonhos. O sonho é o nosso combustível. É em busca dele que acordamos todos os dias de manhã e levantamos da cama.

A frase, que inicia esse texto, faz referência à ambição de cada um. Eu, particularmente, nunca consegui conviver muito tempo com alguém que sonhasse pequeno, que não tivesse ambição na vida ou que se contentasse com pouco. No meu modo de ver, a ambição é um motivador que pode nos tornar uma pessoa boa ou ruim. Ruim, se buscada de forma errada, passando por cima de pessoas. Boa, se travada um duelo contra seu próprio destino sem ferir ninguém.

O ser humano tem uma tendência em não gostar de ver o sucesso do outro ou gostar de zombar do sonho de outrem. Pessoas e situações que vão contra os nossos sonhos têm aos montes. Dizem-nos absurdos como, por exemplo, desistir deles, que é besteira, para "caírmos na real", "esse sonho não condiz com sua realidade" e etc. A questão é que NUNCA podemos desistir de nossos sonhos, por mais absurdos que possam parecer. Dizer a uma pessoa para desistir de seu sonho, é castrá-la, cortar pela raíz uma esperança..., é ser uma pessoa pequena.

Não estou aqui para "cair" no lugar comum e dizer "nunca desista dos seus sonhos", ou algo parecido. O foco que quero dar ao texto é outro. Afasta-se de quem zomba dos seus sonhos, quem pede para desistir deles, de quem não acredita. Nós temos uma força interior monstruosa, que não sabemos como usar. Alguns usam de forma inconsciente e conseguem com que o mundo gire em torno da realização de um sonho. Outros morrerão sem saber.

Seu sonho, SÓ VOCÊ sabe como conseguir. Não pense em COMO conseguir, mas que IRÁ conseguir.

"Um homem sem sonhos, é um homem sem alma"

domingo, 2 de agosto de 2009

Discurso do presidente da Costa Rica

O texto a seguir é um discurso proferido na presença do Lula e demais presidentes latinoamericanos, incluído o "manequim" do Equador, o cretino déspota da Venezuela, a bufona presidenta da Argentina, o caloteiro Corrêa, abaixo nominalmente citado. Recebi de uma pessoa confiável, mas ela já pode ter recebido dessa forma. Em todo caso, vale a pena ler.

===============================

"ALGO HICIMOS MAL"

Palavras do Presidente Oscar Arias da Costa Rica na Cúpula das Américas em Trinidad e Tobago, 18 de abril de 2009.

"Tenho a impressão de que cada vez que os países caribenhos e latinoamericanos se reúnem com o presidente dos Estados Unidos da América, é para pedir-lhe coisas ou para reclamar coisas. Quase sempre, é para culpar os Estados Unidos de nossos males passados, presentes e futuros. Não creio que isso seja de todo justo.

Não podemos esquecer que a América Latina teve universidades antes que os Estados Unidos criassem Harvard e William & Mary, que são as primeiras universidades desse país. Não podemos esquecer que nesse continente, como no mundo inteiro, pelo menos até 1750 todos os americanos eram mais ou menos iguais: todos eram pobres.

Ao aparecer a Revolução Industrial na Inglaterra, outros países sobem nesse vagão: Alemanha, França, Estados Unidos, Canadá, Austrália, Nova Zelândia e aqui a Revolução Industrial passou pela América Latina como um cometa, e não nos demos conta. Certamente perdemos a oportunidade.

Há também uma diferença muito grande. Lendo a história da América Latina, comparada com a história dos Estados Unidos, compreende-se que a América Latina não teve um John Winthrop espanhol, nem português, que viesse com a Bíblia em sua mão disposto a construir uma Cidade sobre uma Colina, uma cidade que brilhasse, como foi a pretensão dos peregrinos que chegaram aos Estados Unidos.

Faz 50 anos, o México era mais rico que Portugal. Em 1950, um país como o Brasil tinha uma renda per capita mais elevada que o da Coréia do Sul. Faz 60 anos, Honduras tinha mais riqueza per capita que Cingapura, e hoje Cingapura em questão de 35 a 40 anos é um país com $40.000 de renda anual por habitante. Bem, algo nós fizemos mal, os latinoamericanos.

Que fizemos errado? Nem posso enumerar todas as coisas que fizemos mal. Para começar, temos uma escolaridade de 7 anos. Essa é a escolaridade média da América Latina e não é o caso da maioria dos países asiáticos. Certamente não é o caso de países como Estados Unidos e Canadá, com a melhor educação do mundo, similar a dos europeus. De cada 10 estudantes que ingressam no nível secundário na América Latina, em alguns países, só um termina esse nível secundário. Há países que têm uma mortalidade infantil de 50 crianças por cada mil, quando a média nos países asiáticos mais avançados é de 8, 9 ou 10.

Nós temos países onde a carga tributária é de 12% do produto interno bruto e não é responsabilidade de ninguém, exceto nossa, que não cobremos dinheiro das pessoas mais ricas dos nossos países. Ninguém tem a culpa disso, a não ser nós mesmos.

Em 1950, cada cidadão norteamericano era quatro vezes mais rico que um cidadão latinoamericano. Hoje em dia, um cidadão norteamericano é 10 15 ou 20 vezes mais rico que um latinoamericano. Isso não é culpa dos Estados Unidos, é culpa nossa.

No meu pronunciamento desta manhã, me referi a um fato que para mim é grotesco e que somente demonstra que o sistema de valores do século XX, que parece ser o que estamos pondo em prática também no século XXI, é um sistema de valores equivocado. Porque não pode ser que o mundo rico dedique 100.000 milhões de dólares para aliviar a pobreza dos 80% da população do mundo "num planeta que tem 2.500 milhões de seres humanos com uma renda de $2 por dia" e que gaste 13 vezes mais ($1.300.000.000.000) em armas e soldados.

*Como disse esta manhã, não pode ser que a América Latina gaste $50.000* milhões em armas e soldados. Eu me pergunto: quem é o nosso inimigo? Nosso inimigo, presidente Correa, desta desigualdade que o Sr. aponta com muita razão, é a falta de educação; é o analfabetismo; é que não gastamos na saúde de nosso povo; que não criamos a infraestrutura necessária, os caminhos, as estradas, os portos, os aeroportos; que não estamos dedicando os recursos necessários para deter a degradação do meio ambiente; é a desigualdade que temos que nos envergonhar realmente; é produto, entre muitas outras coisas, certamente, de que não estamos educando nossos filhos e nossas filhas.

Vá alguém a uma universidade latinoamericana e parece, no entanto que estamos nos sessenta, setenta ou oitenta. Parece que nos esquecemos de que em 9 de novembro de 1989 aconteceu algo de muito importante, ao cair o Muro de Berlim, e que o mundo mudou. Temos que aceitar que este é um mundo diferente, e nisso francamente penso que os acadêmicos, que toda gente
pensante, que todos os economistas, que todos os historiadores, quase concordam que o século XXI é um século dos asiáticos não dos latinoamericanos. E eu, lamentavelmente, concordo com eles. Porque enquanto nós continuamos discutindo sobre ideologias, continuamos discutindo sobre todos os "ismos" (qual é o melhor? capitalismo, socialismo, comunismo, liberalismo, neoliberalismo, socialcristianismo...) os asiáticos encontraram um "ismo" muito realista para o século XXI e o final do século XX, que é o *pragmatismo*. Para só citar um exemplo, recordemos que quando Deng Xiaoping visitou Cingapura e a Coréia do Sul, depois de ter-se dado conta de que seus próprios vizinhos estavam enriquecendo de uma maneira muito acelerada, regressou a Pequim e disse aos velhos camaradas maoístas que o haviam acompanhado na Grande Marcha: "Bem, a verdade, queridos camaradas, é que a mim não importa se o gato é branco ou negro, só o que me interessa é que cace ratos". E se Mao estivesse vivo, teria morrido de novo quando disse que "a verdade é que enriquecer é glorioso". E enquanto os chineses fazem isso, e desde 1979 até hoje crescem a 11%, 12% ou 13%, e tiraram 300 milhões de habitantes da pobreza, nós continuamos discutindo sobre ideologias que devíamos ter enterrado há muito tempo atrás.

A boa notícia é que isto Deng Xiaoping o conseguiu quando tinha 74 anos. Olhando em volta, queridos presidentes, não vejo ninguém que esteja perto dos 74 anos. Por isso só lhes peço que não esperemos completá-los para fazer as mudanças que temos que fazer.

Muchas gracias."